Translate

Pesquisar

sábado, 16 de julho de 2011

Direto do site: SERVIDORES MUNICIPAIS EM GREVE!

SERVIDORES MUNICIPAIS MANTÊM GREVE - SALVADOR VAI PARAR!

http://www.intersindical.inf.br/noticias_det.php?id=381

15 de julho de 2011
Intersindical Salvador

Intersindical, Circulo Palmarino e MTL estiveram presentes em assembléia
 
    

Ao nono dia de greve no munícipio, servidores municipais se reuniram nesta última sexta(15/07), na quadra dos bancários, e deliberaram pela manutenção da greve. Mesmo com as ameaças da Prefeitura de cortar o ponto e atrasar os salário, a categoria reagiu e não aceitou as intimidações.
"Não aceitaremos que o poder econômico, que controla o judiciário em detrimento do trabalhador, venha dizer o que é legal, nossas reivindicações são legais e não iremos ceder em nossos pleitos"  desabafouAndré Bonfim, secretário geral da ASGUARD - Associação dos guardas municipais.

Já na avaliação de Edinei Machado, um dos líderes da SUCOP, a tentativa de frustar o movimento grevista pela ameaça de cortar o ponto só fez aumentar a revolta da categoria que não pretende por tão cedo retornar as atividades.

Diversas entidades e representantes estiveram presentes à assembleia para prestar apoio e solidariedade ao movimento grevista.

Marcos Mendes, da base dos bancários e presidente estadual do PSOL-Ba, denunciou a farra e corrupção desenfreada do atual governo e se colocou a disposição do movimento. "A greve é legal, porque é justa, vamos á luta", concluiu Mendes.




Quem também prestou apoio foi a militante Rose junto com os companheiros do MTL - Movimento Terra, Trabalho e Liberdade. Para Rose "é um absurdo a Prefeitura não prover a assistência médica aos seus servidores".



Por fim, o companheiro Hamilton Assis, do Círculo Palmarino e presidente municipal do PSOL-Salvador, afirmou que a luta dos servidores municipais também é a dos professores do município. Defendeu a garantia do Plano de cargos dos trabalhadores e condenou a política de repressão contra o movimento.



Fotos: Nilton (Intesindical/Asguard)

Nenhum comentário:

Postar um comentário