Translate

Pesquisar

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Hospitais filantrópicos mudarão atendimento ao SUS


Os hospitais que não recolhem impostos por serem considerados filantrópicos terão que adequar o orçamento para atender à nova portaria do Ministério da Saúde. Segundo matéria do jornal A Tarde, as unidades terão que equacionar disponibilidade de leitos, consultas e até faturamento. O percentual não é fixo e varia de acordo com os tipos de serviços oferecidos. As determinações são da Portaria nº 1.970, de 16 de agosto. Na Bahia são pelo menos 66 entidades filantrópicas que atuam na área de saúde, segundo levantamento da Federação das SantasCasas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas da Bahia (Fesf-BA). Todas aquelas que atuam pelo SUS, mas também com atendimento particular e por convênios, terão que rever a oferta de serviços. "Ainda não sabemos se será preciso ampliar o atendimento pelo SUS, ou simplesmente adequar o tipo de oferta, mas podem ser mudanças na parte cirúrgica, mais serviços clínicos ou mais gratuidades", estimou o superintendente do Hospital Espanhol, Nestor Taboada.

http://www.alemdanoticia.com.br/ultimas_noticias.php?codnoticia=11309

Nenhum comentário:

Postar um comentário