Translate

Pesquisar

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Orlando Silva: Demissão

http://www.bahianoticias.com.br/principal/noticia/105033-orlando-silva-confirma-pedido-de-demissao-e-diz-que-quot-nao-havera-provas-quot-que-o-incriminem.html


O Palácio do Planalto confirmou a saída de Orlando Silva (PCdoB) do Ministério do Esporte. Após reunião com a presidente Dilma Rousseff, o ex-titular entregou o cargo. Como adiantado pelo Bahia Notícias, assumirá interinamente a pasta o também baiano Waldemar Souza. Em entrevista coletiva após o encontro, Silva relatou o teor da conversa que teve com a gestora e voltou a dizer que é inocente. "Nós examinamos essa crise que foi criada nos últimos dias. (...) Eu reafirmei para a presidenta que não há, não houve, e não haverá qualquer prova que me incrimine. Informei à presidenta que a queixa-crime e a ação penal por calúnia [contra o policial militar João Dias] está caminhando", declarou. Segundo o ex-gestor, o pedido de afastamento foi decidido por ele, para que possa "defender com mais ênfase" a sua "honra", que teria sido "ferida sem nenhuma prova cabal". "Fui mais uma vez firme, indignado, falei à presidenta da minha revolta, do linchamento público que vivi (...) e lembrei: fazem 12 dias que sofri um ataque baixo, uma agressão vil, e nesses 12 dias nenhuma prova desse ataque baixo surgiu ou surgirá", garantiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário