Translate

Pesquisar

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Fiscais da Sucom são alvejados com tiros em operação contra poluição sonora

http://www.bahianoticias.com.br/principal/noticia/106796-fiscais-da-sucom-sao-alvejados-com-tiros-em-operacao-contra-poluicao-sonora.html

 
Fiscais da Sucom são alvejados com tiros em operação contra poluição sonora
Durante a operação contra a poluição sonora realizada neste domingo (27) em Salvador, fiscais da Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom) foram alvejados com tiros após duas motos perseguirem o veículo oficial onde estavam, na Estrada da Liberdade, no bairro homônimo, próximo ao Colégio Duque de Caxias. De acordo com os agentes, que prestaram queixa na 2ª Delegacia (Liberdade), eles saíam da região do Queimadinho quando quatro pessoas a bordo de duas motocicletas se aproximaram e atiraram para cima e em direção do carro, que teve o para-brisa traseiro danificado. Uma viatura da Polícia Militar,que acompanhava os servidores havia sido dispensada momentos antes. Ao todo, os fiscais da Sucom apreenderam uma fonte eletroacústica, além da aplicação de um auto de infração por desrespeito à Lei Municipal de controle de emissão de ruídos (n° 5.354/98).



http://www.politicalivre.com.br/index.php/2011/11/agentes-da-prefeitura-sao-perseguidos-por-homens-armados/

28.11.2011 às 15:53

Agentes da prefeitura são perseguidos por homens armados

Uma equipe de agentes da prefeitura de Salvador que realizou operação de combate à poluição sonora na periferia da cidade, nesse domingo, foi perseguida por quatro desconhecidos em duas motos na Estrada da Liberdade, próximo ao Colégio Duque de Caxias, informou nesta segunda, a assessoria de imprensa da Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo (SUCOM). Os motoqueiros estavam armados e efeturam vários disparos para o alto e em direção ao veículo, que teve o vidro traseiro atingido. Não houve feridos, e os homens fugiram em seguida. Os prepostos da prefeitura haviam apreendido um equipamento de som que estava provocando poluição numa rua do Bairro da Liberdade. Quando a viatura da 37ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), que acompanhou a operação do órgão, já havia sido dispensada, os atiradores agiram. Os agentes da prefeitura prestaram queixa do atentato na 2ª Delegacia de Polícia (DP), localizada na Liberdade. (Agência A Tarde).

Nenhum comentário:

Postar um comentário