Translate

Pesquisar

sábado, 12 de novembro de 2011

Prefeitura vai criar mais 264 cargos na SMS


http://www.bocaonews.com.br/noticias/principal/politica/23729,prefeitura-vai-criar-mais-264-cargos-na-sms.html


Prefeitura vai criar mais 264 cargos na SMS

Por: Redação Bocão News - 11 de Novembro - 19h45
  • 0
Desde o início da semana, circula nos bastidores do poder a informação de que a prefeitura de Salvador enviou à Câmara Municipal um projeto de lei que prevê a criação de 264 novos cargos na esfera da Secretaria da Saúde (SMS). O Bocão News não teve acesso ao texto, mas a proposta chama atenção porque a pasta vive uma crise financeira e institucional que ameaça o atendimento à população e até mesmo a gestão plena.

Sesab ignora Gilberto José 


Mais uma “bomba” na Sesab 


SMS declara guerra à Sesab 


OSID permanecem com posto da Boca do Rio até dezembro 


A reportagem do site entrou em contato com o líder do governo no Legislativo, o vereador Téo Senna (PTC), para tentar confirmar a informação. Ele admitiu a existência do projeto, mas alegou que a demanda foi gerada por recomendação do Ministério Público da Bahia (MP-BA). “A iniciativa da prefeitura foi tomada após a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o MP-BA. O objetivo é preencher vagas de motoristas e telefonistas da SAMU, que hoje são ocupadas sem o devido amparo legal”.

Durante o bate-papo, o vereador ainda deu mais detalhes dos cargos e garantiu que o município vai abrir concurso público. “O processo é para selecionar profissionais com nível técnico e incluir as categorias no plano de cargos da Secretaria Municipal da Saúde”.

A líder da oposição na Câmara, Vânia Galvão (PT), desconhece a matéria e preferiu não comentar o assunto. Já Aladilce de Souza (PCdoB) - que milita na área da saúde - admitiu que não conhece detalhes do projeto, mas sabe que ele foi formatado após a assinatura de um TAC com o Ministério Público. Se não houver nenhuma “pegadinha” na redação, a matéria deve ser aprovada sem muita dificuldade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário