Translate

Pesquisar

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Fonte Nova: Irregularidades em equipamentos de segurança foram sanadas e obras devem ser retomadas nesta quarta

http://www.bahianoticias.com.br/principal/noticia/115050-fonte-nova-irregularidades-em-equipamentos-de-seguranca-foram-sanadas-e-obras-devem-ser-retomadas-ne.html


Fonte Nova: Irregularidades em equipamentos de segurança foram sanadas e obras devem ser retomadas nesta quarta
Foto: Tiago Melo / Bahia Notícias
As irregularidades em equipamentos de segurança utilizados pelos operários da Arena Fonte Nova, que levaram ao embargo do eixo norte das obras pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego na Bahia (SRTE-BA), foram sanadas na noite desta terça-feira (24) e a expectativa é a de que os trabalhos sejam retomados ainda nesta quarta (25). De acordo com o secretário estadual para Assuntos da Copa do Mundo, Ney Campello, técnicos do órgão apontaram “uma inadequação no que diz respeito aos materiais utilizados no guarda-corpo”, estrutura de proteção usada para evitar quedas dos funcionários. “Agora estamos esperando que a Superintendência envie novamente os fiscais para constatar a substituição dos equipamentos e autorizar a retomada do trabalho. [...] Se o problema foi superado, não há razão para manutenção de qualquer tipo de paralisação”, argumentou, em entrevista ao programa Acorda pra Vida, da Rede Tudo FM 102.5. O titular da Secopa aguarda a visita dos profissionais da SRTE ainda esta manhã e, sem “questionar o papel e a legitimidade dos órgãos de fiscalização”, pediu um tratamento diferenciado e ágil em relação à Arena. “Uma obra como essa precisa ser tratada de forma diferenciada porque tem um prazo pré-determinado e impactos diretos na realização de grandes eventos, como a Copa do Mundo e a Copa das Confederações. Nesse caso, os minutos são preciosos e qualquer dia perdido ou turno desperdiçado sempre conta negativamente”, avaliou. Para minimizar os efeitos do embargo no cronograma das obras, o consórcio responsável pela Arena redistribuiu as frentes de trabalho entre os outros três eixos que não foram alvo da ação da SRTE.

Nenhum comentário:

Postar um comentário