Translate

Pesquisar

sábado, 28 de abril de 2012

Índio interrompe sessão do STF e é expulso

http://www.bahianoticias.com.br/principal/noticia/115155-indio-interrompe-sessao-do-stf-e-e-expulso.html


Índio interrompe sessão do STF e é expulso
Foto: André Dusek / AE
Um índio guarani foi expulso pelos seguranças do Supremo Tribunal Federal (STF), na tarde desta quinta-feira (26), após ter interrompido por três vezes a sessão que julgava a constitucionalidade das cotas raciais na universidade pública. De acordo com o Estadão, Araju Sepeti estava sentado na primeira fila do plenário, próximo aos ministros, e cobrou de Luiz Fux que, em seu voto, mencionasse também os índios. Fux falava sobre a ausência de ministros afrodescendentes nos tribunais superiores quando foi interrompido. “Tem que falar dos índios também”, afirmou em voz alta. O presidente do STF, Carlos Ayres Britto, disse não serem permitidas manifestações no plenário e pediu calma a Sepeti. O índio guarani interrompeu outras duas vezes o voto. Um homem – negro – que assistia ao julgamento tentou acalmá-lo, mas o índio gritou: “Não está satisfeito, volta para o seu quilombo”. Britto interrompeu o julgamento por cinco minutos e ordenou que a segurança o tirasse do plenário para que a sessão prosseguisse. Enquanto era arrastado para fora do plenário, o índio guarani chamou de racistas e cachorros os seguranças do tribunal. Sepeti foi liberado pelos seguranças na Praça dos Três Poderes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário