Translate

Pesquisar

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Preparando o gatilho - DE OLHO NA CAMPANHA DE SALVADOR OS DEPUTADOS NELSON PELEGRINO (PT) E ACM NETO (DEM) PODEM SE LICENCIAR DA CÂMARA EM BREVE PARA DEDICAREM TODA ATENÇÃO À CAPITAL BAIANA

http://www.bahia247.com.br/pt/bahia247/poder/7817/Preparando-o-gatilho.htm


19 do 04 de 2012 às 12:02
Romulo Faro_Bahia247
Há quem diga que desta vez a candidatura do deputado federal Nelson Pelegrino (PT) à Prefeitura do Salvador vai decolar. A informação de que ele estaria prestes a pedir licença do parlamento federal para entrar de corpo e alma nos preparativos de sua campanha deixou oposicionistas (e até governistas) intrigados nesta quarta-feira (18). O petista mantém cautela, mas nas entrelinhas admite a veracidade da informação. "Estou examinando essa possibilidade e vou conversar com o governador Jaques Wagner sobre isso", disse Pelegrino.
Por outro lado, a oposição, apesar de ainda não ter atingido a meta da unidade para composição da chapa majoritária que enfrentará o PT em outubro, também se movimenta a passos largos. Tem sido assim da parte do deputado ACM Neto, que deverá concorrer pelo DEM. Nos bastidores, as informações dão conta de que o parlamentar já articula com a direção nacional do DEM seu sucessor na liderança do partido na Câmara.
A expectativa é de que a movimentação se intensifique tão logo sua pré-candidatura seja consolidada, na próxima segunda-feira (23), com a reunião do diretório estadual da legenda. Com relação à liderança da bancada baiana no Congresso, hoje a cargo de Pelegrino, três nomes já estão no tabuleiro de avaliação. Segundo o próprio deputado, até então, os cotados são Luiz Argôlo (PP), Daniel Almeida (PCdoB) e Josias Gomes (PT).
A escolha do novo líder também passará pelo crivo do governador Jaques Wagner. "O governador é sempre ouvido". Questionado sobre o nome mais forte, o petista não quis dar palpite: "Cada um tem suas características positivas. Os três são ótimos nomes, mas essa decisão será tomada em discussão com as forças políticas", afirmou. Há quem diga no meio governista que o mais cotado é o comunista Daniel Almeida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário