Translate

Pesquisar

quinta-feira, 26 de abril de 2012

PSDB ainda não definiu se Marco Prisco é candidato, diz presidente municipal tucano

http://www.bahianoticias.com.br/principal/noticia/115103-psdb-ainda-nao-definiu-se-marco-prisco-e-candidato-diz-presidente-municipal-tucano.html


PSDB ainda não definiu se Marco Prisco é candidato, diz presidente municipal tucano
José Carlos Fernandes não descarta possibilidade | Foto: Evilásio Júnior / BN
Figurinha carimbada nas sessões da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) e em eventos políticos após deixar a Cadeia Pública de Salvador, o líder do movimento grevista da Polícia Militar, Marco Prisco, ainda pode ser candidato a vereador pelo PSDB. O ex-bombeiro responde, em liberdade, ao processo. Embora negue ter intenções eleitoreiras em suas visitas ao parlamento baiano, sua constante presença na Casa já é motivo de comentários jocosos nos bastidores. “Prisco gostou tanto de ter acampado na Assembleia durante a greve que não quer mais sair daqui”, comentou um funcionário da AL-BA na última terça-feira (24). Em entrevista ao Bahia Notícias nesta quarta (25), o presidente municipal do PSDB, José Carlos Fernandes, também não confirma que haja qualquer conversa sobre uma pré-candidatura do líder grevista à Câmara Municipal pela legenda. Mas não nega a possibilidade. “Não existe, nesse momento, qualquer conversa sobre isso. Nós só decidiremos as candidaturas em junho. Esse negócio de pré-candidato não existe. Ou é ou não é”, avaliou. Embora o presidente estadual tucano, Sérgio Passos, tenha afirmado, em fevereiro, que esperava a desfiliação de Prisco da sigla, porque ele “não coaduna com as ideias do partido”, Fernandes se esquiva de se posicionar sobre a situação. “Não podemos colocar punição em uma pessoa se ainda está em processo o que aconteceu. O partido tem um estatuto, aguarda uma decisão da Justiça, e até agora não há nada, até o momento, que possa condená-lo”, afirmou. Além de acompanhar as sessões legislativas, o ex-PM tem sido constantemente citado por deputados ligados à corporação, como Capitão Tadeu e Sargento Isidório (ambos do PSB), e contribuído como fonte para os discursos dos deputados de oposição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário