Translate

Pesquisar

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

PMDB, PRB e PSC devem anunciar apoio nesta quarta; PSL não foi procurado; PRTB só segunda; PSOL ficará neutro

PMDB, PRB e PSC devem anunciar apoio nesta quarta; PSL não foi procurado; PRTB só segunda; PSOL ficará neutro

A disputa pelos 259.781 votos válidos proferidos no primeiro turno em Salvador, ainda sem dono no segundo, terá parte do desfecho nesta quarta-feira (10), quando a maior parte dos partidos que disputaram a prefeitura manifestará o seu apoio. Em uma eleição para lá de acirrada, em que ACM Neto (DEM) levou pequena vantagem – apenas 5.626 sufrágios (0,44%) – sobre Nelson Pelegrino (PT), qualquer aliança não pode ser desprezada, pois poderá ser o diferencial no encerramento das zonas eleitorais em 28 de outubro. Mais cobiçado, o PMDB de Mário Kertész – detentor de 121.894 votos – é o alvo favorito das especulaçõese pode mesmo acabar com o candidato para um lado e a legenda para outro. A previsão dos peemedebistas é a de que o anúncio seja feito nesta quarta. Integrante da coligação de Kertész, o PSC aguarda o sinal verde da sua executiva nacional para escolher, de forma independente, qual caminho seguir. “Nós não temos a necessidade de tomar decisão em conjunto com o PMDB. Pode até acontecer, mas não é regra”, salientou o presidente estadual Eliel Santana, em entrevista ao Bahia Notícias, ao revelar que já foi procurado pelos dois prefeituráveis. O PRB, de Márcio Marinho – que obteve 84.094 indicações nas urnas –, também deve apresentar o seu escolhido até o fim da tarde. Antes disso, deputado estadual Sidelvan Nóbrega, o presidente municipal da sigla, disse ao Bahia Notícias que espera reunir as principais lideranças da agremiação já pela manhã para que o anúncio seja realizado no fim do dia. O PSL, que integrou a chapa liderada por Marinho, aguarda ser chamado para conversar com os candidatos, mas pode decretar o seu posicionamento junto com o PRB. “Não conversei com ninguém até agora. Temos dois vereadores e o deputado estadual mais votado em Salvador [Deraldo Damasceno]. Estamos abertos ao diálogo. O único que nos procurou foi Sidelvan para que tomássemos uma decisão em conjunto. Eu soube até que o candidato Pelegrino ia ter uma conversa com Deraldo amanhã [quarta], mas quem decide é a direção estadual”, avisou o presidente do PSL, Antônio Oliva. Quem deve deixar para depois a divulgação do posicionamento no segundo turno é o PRTB. Aprovado por 20.143 soteropolitanos, Da Luz declarou ter dialogado com Neto e Pelegrino por telefone, mas só anunciará a adesão “provavelmente” na próxima segunda (15). “A gente tem conversado, mas a verdade é que não importa apenas quem a gente vai apoiar, mas como a questão da mobilidade urbana, que eu trouxe com o aerotrem, e os nosso projetos vão ser aproveitados”, ponderou. Já o PSOL, de Hamilton Assis – aclamado por 33.650 eleitores –, se reunirá nesta quarta, mas ficará neutro. “Nenhum dos dois que estão aí vão fazer uma política diferenciada para mudar o que está aí. Nem um nem outro tem proposta de governo com participação popular que resolva os problemas da nossa cidade”, criticou o presidente estadual Marcos Mendes.

FONTEhttp://www.bahianoticias.com.br/principal/noticia/124260-pmdb-prb-e-psc-devem-anunciar-apoio-nesta-quarta-psl-nao-foi-procurado-prtb-so-segunda-psol-ficara-n.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário