Translate

Pesquisar

sábado, 1 de dezembro de 2012

Anúncio de que festa da virada pode não acontecer preocupa setor hoteleiro e prefeitura pede apoio ao governo da Bahia


Anúncio de que festa da virada pode não acontecer preocupa setor hoteleiro e prefeitura pede apoio ao governo da Bahia
Foto: AE / Reprodução
O anúncio da prefeitura de Salvador do possível cancelamento da festa da virada de ano com shows e queima de fogos por falta de recursos levou preocupação aos empresários do ramo hoteleiro que temem prejuízos. O presidente do Sindicato dos Hotéis, Bares e Restaurantes de Salvador e Litoral Norte, Sílvio Pessoa, faz apelo ao governo estadual. "O trade turístico vê a questão com muita preocupação, já que estamos na alta estação", afirmou o dirigente. "Esperamos que o governo do Estado, com a Bahiatursa e a Setur, se sensibilize", disse Pessoa em entrevista ao A Tarde. Ele ainda aponta que o turismo aquece 7,5% da economia na Bahia e 20% em Salvador, com base em dados da Fundação do Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O presidente da Empresa de Turismo S.A. (Saltur), Jonga Cunha, já iniciou a procura por patrocínios para garantir a festa de réveillon que tem custos aproximados de R$ 1,5 milhão e deve se pronunciar na segunda-feira (3). A administração municipal pediu apoio ao Estado para realizar os festejos e o secretário de Turismo da Bahia (Setur), Domingos Leonelli, declarou que a situação será analisada junto ao governo que, segundo ele, já tem os próprios compromissos financeiros. "Nós sempre participamos com recursos. Mas a notícia de que a prefeitura não irá fazer nada é uma surpresa que me deixa estupefato", afirmou Leonelli com surpresa que ainda complementou a responsabilidade do município com a parte estrutural da festa como som e fogos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário