Translate

Pesquisar

sábado, 29 de dezembro de 2012

Morre vítima de estupro coletivo em ônibus na Índia


Morre vítima de estupro coletivo em ônibus na Índia
Foto: Punit Paranjpe/AFP
A estudante de medicina de 23 anos, que foi estuprada por seis pessoas em um ônibus na Índia, morreu nesta sexta-feira (28), de acordo com um boletim do hospital em Cingapura. Depois de ser internada, no dia 16 de dezembro, ela passou por três cirurgias em um centro médico em Nova Délhi, inclusive um procedimento de retirada de parte do intestino delgado. Segundo o boletim, a jovem “morreu tranquilamente”. A estudante não foi identificada, mas alguns meios de comunicação indianos se referem a ela como “Amanat”, uma palavra que significa “tesouro” em língua urdu. Alguns médicos indianos questionaram a decisão de transferir a jovem para Cingapura, ao justificar que se tratava de uma medida arriscada, dada a gravidade de seus ferimentos. De acordo com eles, a jovem receberia o melhor tratamento possível no país.Cinco pessoas foram presas e um menor de idade apreendido e centenas de indianos se reuniram em uma marcha em frente ao palácio presidencial na quinta-feira. No fim de semana, uma multidão já havia realizado um protesto para pedir a pena de morte para os homens que abusaram da jovem e mais garantias de segurança para as mulheres no país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário