Translate

Pesquisar

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Quem vive de História é museu ?


Ao contrário do que aconteceu em 1938, quando o Vitória tomou 19 gols em apenas dois jogos contra o Bahia, os Ba-Vis de 1939 foram bastante disputados. Nos três clássicos do Estadual daquele, o Bahia levou a melhor em um, o Vitória em outro e houve um empate.
Como tira-teima e de olho numa grana extra vinda da renda do clássico, os dirigentes dos clubes resolveram organizar um Ba-Vi para 8 de novembro, dia da festa de Nossa Senhora da Conceição da Praia.
Só um time considerou o jogo como amistoso, o Vitória, e se deu mal. Obstinados como se estivessem numa final de campeonato, os tricolores partiram com tudo para cima do leão e reviveram as épicas goleadas do ano anterior, quando venceu o rival por 9 a 4 e por 10 a 2.
O primeiro tempo terminou em 3 a 1 para o esquadrão de aço, com gols de Tintas, Vareta e Nelson, sendo que Mozart fez o de honra do Vitória. O técnico rubro-negro culpou o goleiro pelo fiasco e promoveu uma troca na posição para a segunda etapa – Henriquinho entrou no lugar de Scheppi. Não adiantou.
Aos nove minutos da etapa final, Antenor fez o quarto. Aos 22, Vareta anotou o quinto. Até os 40, o Bahia faria mais quatro gols – dois de Vareta, um de Luiz Viana e um de Nandinho. Nos acréscimos, Vareta ainda achou tempo para marcar o décimo.
De alma lavada, a torcida tricolor saiu do Campo da Graça direto para os festejos por Nossa Senhora da Conceição, comemorando a maior goleada da história dos Ba-Vis à base de muita comida típica baiana e cerveja.
Bahia 10x1 Vitória
Data: 08/12/1939
Local: Campo da Graça
Árbitro: Anísio Silva
Gols: Vareta (5), Tintas, Luiz Viana, Nandinho, Antenor e Nélson, para o Bahia; Mozart, para o Vitória.
Bahia: Menezes; Heitor e Serra; General, Munt e Gia; Antenor, Tintas, Nélson (Nandinho), Jorge (Luiz Viana) e Dedé.
Vitória: Schepi (Henriquinho); Umbelino e Bubu (Heitor); Bengalinha, Mesquita e Zé Catharino; Mozart, Durval, Siri, Raul e Vavá Tourinho (Francisco).

Nenhum comentário:

Postar um comentário