Translate

Pesquisar

sábado, 29 de dezembro de 2012

Venda de eletrodomésticos sem selo de qualidade está proibida pelo Inmetro a partir de terça


Venda de eletrodomésticos sem selo de qualidade está proibida pelo Inmetro a partir de terça
A comercialização de eletrodomésticos sem o selo do Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro) não será permitida a partir da próxima terça-feira (1º). No total, 144 tipos de aparelhos entre fogões e fornos elétricos, cafeteiras, ferros de passar roupa, sanduicheiras, liquidificadores, fritadeiras, máquinas de costura, torradeiras, batedeiras, entre outros equipamentos nacionais e importados passarão a ostentar a marca da certificação obrigatória. Fabricantes e importadores estão proibidos, desde julho deste ano, de vender eletrodomésticos que não atendam aos Requisitos da Avaliação da Conformidade (RAC). “Testes com esses tipos de eletrodomésticos mostram com frequência o risco que representam para o consumidor, especialmente em relação a queimaduras”, explicou Alfredo Lobo, diretor de Qualidade do Inmetro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário