Translate

Pesquisar

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Transalvador reajusta em 20% valores cobrados para guincho

A Transalvador reajustou em 20% a tabela dos preços cobrados para retirar e guardar veículos estacionados em locais proibidos na capital baiana. De acordo com a coluna Satélite, do jornal Correio, o maior aumento foi nos casos de automóveis e caminhonetes com até 5,5 metros de comprimento, categoria na qual a utilização do guincho passou de R$ 180 para R$ 250 e a diária de armazenamento subiu de R$ 26 para R$ 40. Os serviços ficaram, respectivamente, 38% e 53% mais caros. Em relação às motos, o preço para guinchá-las aumentou de R$ 55 para R$ 60 (9%), e o da armazenagem, de R$ 18 para R$ 25 (38%). Os proprietários de caminhões e ônibus maiores precisarão pagar R$ 1.330 para o recolhimento e a guarda por somente um dia, R$ 115 a mais do que o valor cobrado anteriormente. “Os valores que estavam sendo cobrados não cobriam os custos da prefeitura com a operação de guincho e armazenamento de veículos estacionados irregularmente. E quem tem que arcar com isso, que ser cobrado, é o infrator, e não o Município”, afirmou o secretário municipal de Urbanismo e Transportes, José Carlos Aleluia. O reajuste anterior foi aplicado há nove meses e o novo aumento equivale a quase quatro vezes a inflação do ano passado, de 5,84%. 


http://www.bahianoticias.com.br/principal/noticia/130408-transalvador-reajusta-em-20-valores-cobrados-para-guincho.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário