Translate

Pesquisar

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Vereador questiona demora na implantação do ‘Domingo é Meia’ e bilhete único


Passados quase 30 dias da posse do novo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), o vereador Arnando Lessa (PT) resolveu questionar a não implantação de propostas, consideradas "emergenciais", apresentadas na campanha eleitoral do democrata. O edil petista apontou duas como principais, já decretadas e não cumpridas: “Domingo é Meia”, que permite ao usuário do transporte público pagar metade do preço da passagem de ônibus aos domingos, e o bilhete único, que permite aos passageiros o uso de ônibus, trem ou metrô com apenas uma tarifa no período de até três horas. “A prefeitura está ganhando tempo e a população pobre e trabalhadora perdendo benefícios. Insisto, é tudo uma questão de vontade política”, criticou o vereador. Segundo Lessa, para o bilhete único, é necessária uma maior análise nos requisitos técnicos e operacionais.
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário