Translate

Pesquisar

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Insatisfeita com eleição na Comissão de Transporte, oposição ameaça entregar cargos


Insatisfeita com eleição na Comissão de Transporte, oposição ameaça entregar cargos
Foto: Bárbara Affonso/ Bahia Notícias
A bancada de oposição na Câmara Municipal de Salvador ameaça entregar todos os cargos que possui na Mesa Diretora em protesto à eleição do vereador Euvaldo Jorge (PP) como novo presidente da Comissão de Transporte, Trânsito e Serviços Municipais. Os integrantes da ala, que consideraram o pleito "um golpe", se reuniram na manhã desta terça-feira (19) para avaliar quais medidas serão adotadas pelo suposto não cumprimento do acordo de conceder o posto a Henrique Carballal (PT). Inicialmente, a vaga de Waldir Pires (PT) na Constituição e Justiça já foi "flexibilizada". "Se Paulo Câmara (PSDB) não tinha condições de fazer acordo, não fizesse. Hoje ele nem estava no processo de instalação das comissões. Por que deixar o mar pegar fogo?", contestou o líder do bloco, Gilmar Santiago (PT), em entrevista ao Bahia Notícias, ao acusar o tucano de "representar o governo de ACM Neto". Segundo o petista, o acerto com o presidente, ratificado pelo líder da maioria, Joceval Rodrigues (PPS), estabelecia aos contrários a 1ª Secretaria (Arnando Lessa, PT), a Ouvidoria (Aladilce Souza, PCdoB), a 3ª vice-presidência (Fabíola Mansur, PSB) e uma 4ª vice-presidência (Moisés Rocha, PT), ainda a ser criada, bem como a chefia dos colegiados de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Sílvio Humberto, PSB); Saúde, Planejamento Familiar e Seguridade Social (J. Carlos Filho, PT); Planejamento Urbano e Meio Ambiente (Suíca, PT) e Transporte. Como o último compromisso não foi cumprido, a bancada da minoria vai requerer em plenário que o presidente reverta a situação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário