Translate

Pesquisar

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Tânia Toko reclama de tratamento diferenciado em relação aos "artistas do sul"


Tânia Toko reclama de tratamento diferenciado em relação aos "artistas do sul"
Foto: Divulgação
A atriz baiana Tânia Toko, bastante conhecida pela personagem “Neusão” de O Paí Ó,  reclama do tratamento diferenciado que recebeu no camarote da promoter Marta Góes, neste sábado (9). A atriz veiculou no Facebook uma carta em que desabafou sobre a questão. Segundo ela, que foi coroada rainha do ano de 2013 do empreendimento, assim que os “artistas do sul” chegaram ela passou a ser proibida de fazer diversas coisas. “Todos os egos e vaidades afloraram, principalmente da anfitriã que deu um ataque de histerismo e desequilíbrio na frente de todos só porque eu tirei a camisa horrorosa que ela insistia que eu tinha que usar", relata. Na tarde, deste domingo (10), a assessoria de Marta divulgou nota em que contradiz a versão da artista. "Nesse sábado (9), depois de agredir moralmente alguns funcionários do camarote, tentar direcionar seus acompanhantes para áreas exclusivas de patrocinadores e ofender profissionais de segurança, [Tânia Tôko] também tirou sua camisa, afirmando que não mais vestiria, mesmo sendo informada desde o primeiro dia, que o uso da mesma era obrigatório", afirma a promoter. Tânia ainda afirmou que outros artistas, como Emanuelle Araújo, circulavam no espaço com roupas de festa e "todas as pompas". "Não vesti p**** de camisa nenhuma e ainda vai nascer uma p*** qualquer para mandar eu vestir. Portanto falei a palavra mágica: me pague que eu visto", protestou. Ainda em nota Marta relata que a produção tentou dialogar com a atriz no que não obtiveram sucesso. Com informações do Correio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário