Translate

Pesquisar

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Vereador cobra explicações da prefeitura sobre contratação sem licitação


Vereador cobra explicações da prefeitura sobre contratação sem licitação
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
Na primeira sessão ordinária da Câmara de Salvador realizada nesta segunda-feira (18), o vereador Arnando Lessa (PT) apresentou requerimento no qual solicita ao Executivo explicações a respeito da contratação, sem licitação, do grupo Psirico para realizar um arrastão na véspera do carnaval. Segundo o edil, o contrato foi publicado no Diário Oficial do Município no dia 8 deste mês pela Empresa Salvador Turismo (Saltur), pelo valor de R$ 100 mil, para show que foi realizado no mesmo dia. O petista questionou os detalhes e a importância do convênio. “É preciso que o Executivo explique qual a motivação da contratação da banda e por que esse valor de cachê, pois toda Salvador conhece a relação entre o Psirico e a campanha de candidatura do ACM Neto. Esse contrato é no mínimo um despropósito e precisa ser revogado”, disparou o vereador. Entre os casos de dispensas de licitação apontados por Lessa, também está um acordo firmado entre a Saltur e a Associação Beneficente Amigos do Lobato, no valor R$ 470 mil, voltado para a realização do Carnaval Multicores nos bairros de Cajazeiras, Itapuã, Liberdade, Periperi, Plataforma e Pau da Lima. “Estamos cobrando explicações sobre essa associação e suas ações efetivas no carnaval. Após essas respostas, nos manifestaremos a respeito, afinal de contas, são quase R$ 500 mil”, contabilizou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário