Translate

Pesquisar

sábado, 9 de março de 2013

Senador do PSDB é processado por passar cheques sem fundo


 Senador é processado por passar cheques sem fundo
Foto: Valdemir Barreto / Agência Senado / Divulgação
O líder da oposição no Senado, Mário Couto (PSDB-PA), responde a processo na Justiça do Pará por ter passado três cheques sem fundo para adquirir uma lancha usada no valor de R$ 80 mil. Segunda Folha de S. Paulo, o vendedor, o médico Albedy Bastos, a transação foi acertada com o senador no fim de 2011 e que em meados do mesmo ano o parlamentar lhe pediu a embarcação emprestada sob o argumento de que gostaria de comprá-la. Couto continuou a usá-la outras vezes antes de efetuar a transação: "Até que liguei para o caseiro dele e mandei perguntar se ele ia comprar a lancha. Respondeu que sim", contou Bastos. Os cheques de Couto foram datados para março, abril e maio de 2012. "Chegou a data e fui checar meu extrato de conta. Nada. O cheque foi devolvido por insuficiência de saldo", declarou. A ação de cobrança dos R$ 80 mil foi ajuizada em julho de 2012. Segundo a tramitação processual, a Justiça não localizou Couto. Procurado pela reportagem, o senador tucano disse que a compra da lancha envolveu um "acordo verbal" pelo qual a transação só seria efetuada se a embarcação estivesse em perfeito estado. "Nós combinamos amigavelmente que em caso de a lancha ter problemas os cheques seriam devolvidos. E tive sérios problemas com a lancha, que virou em três ocasiões", diz Couto, que alega ter corrido risco de morte.



http://www.bahianoticias.com.br/principal/noticia/132821-senador-e-processado-por-passar-cheques-sem-fundo.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário