Translate

Pesquisar

sábado, 3 de agosto de 2013

Ponham-se em nossos lugares

Antes de muitos de vocês fazerem comentários sobre a Guarda Municipal de Salvador, deveriam procurar saber a nossa atual e real situação.Pois está sucateada.
Não tem fardamento, não tem viaturas, não temos um plano de saúde, não temos equipamentos de proteção individual, nosso salário base é está defasado em 773 reais, já trabalhamos aos sábados, domingos e feriados sem receber horas extras, não temos uma sede própria com uma mínima estrutura e exitem ainda tantas outras mazelas em nosso órgão que vocês nem imaginam.
Somos pais e mães de famílias honestos e trabalhadores, que quando paralisamos ou fazemos greve estamos apenas reivindicando nossos Direitos e condições dignas de trabalho que um ser humano precisa.
Hoje nosso efetivo conta com cerca de 1.300 componentes.
722 trabalham em postos de saúde, SIMMs, secretarias, conselhos tutelares, PSFs, ouvidorias, CRASES, e outros prédios da prefeitura de nossa capital.
O restante 578 são do GOE- Grupo de operações especiais, que não dispões veículos, GEM- Grupamento especial motorizado que não tem motos, RONDAC- Rondas da capital também sem veículos, GOC- Grupamento de operações com cães e por ultimo tem o corpo do pessoal administrativo.
Então se a população não vê a Guarda Municipal de Salvador nas ruas em atividade, cobrem da gestão municipal, más cobrem também condições de trabalho para nós podermos trabalhar como seres humanos...pois não somos animais nem escravos.
Peço para vocês refletiram e se por em nossos lugares.

Att: GM Nilton Anjos

Nenhum comentário:

Postar um comentário